Onde foi parar a Honestidade, Respeito, Honra e Confiança ?

 

    Honestidade, respeito, honra, confiança, são palavras que parecem estar caindo em desuso nos tempos atuais.
   São virtudes do ser humano que parecem estar em extinção, pois uma palavra esta ligada a outra, porque quando nos referimos que tal pessoa é honesta subentende que ela tem as qualidades de; confiança que em conseqüência ira lhe demonstrar respeito e honra, e com absoluta certeza essa pessoa é muito responsável.
   Estamos presenciando tempos que a lei dos “espertos” em levar vantagem em tudo, parece prevalecer e algumas vezes nos sentimos indignados diante de certos fatos ou acontecimentos no dia a dia.
   Outras tantas pessoas se deixam levar pela opinião da maioria e facilmente se enredam na desonestidade e a falta de respeito com a justificativa de que "todo mundo faz". Esse é um lamentável equívoco, fácil de perceber com algumas reflexões.
    Uma delas é: “ Faça pelo seu próximo o que você gostaria que ele fizesse por você”
    Tudo isso que esta ocorrendo seria reflexo da família ou da sociedade de um modo geral?
    O que devemos fazer para melhorar essa situação?

           Primeiro vamos entender o que é Virtude:

      Aristóteles afirmou que a virtude é um traço de caráter manifestado no agir habitual.
    A virtude da honestidade, por exemplo, não é possuída por alguém que diz a verdade apenas ocasionalmente ou quando isso lhe é vantajoso.
     A pessoa honesta é naturalmente honesta ; as suas ações “brotam de um caráter firme e inabalável”.

           Exemplos de Virtude:

      Não há uma resposta breve para isto, mas o que se segue é uma lista parcial:
    Afabilidade, Autoconfiança, Autodisciplina, Benevolência, Compaixão, Civilidade, Coragem, Cortesia, Equidade, Generosidade, Honestidade, Justiça, Lealdade, Moderação, Paciência, Prudência, Ponderação, etc

      Tudo isso que esta ocorrendo seria reflexo da família ou da sociedade de um modo geral?

      Quando não há uma boa educação e exemplos dentro da família a pessoa leva isso para a sociedade.

      O que devemos fazer para melhorar essa situação?

     Não podemos somente colocar a culpa nos outros e simplesmente cruzar os braços e achar que ninguém mais é confiável neste mundo. Temos que dar exemplos no dia a dia através de ações simples, que irão estimular a honestidade e a responsabilidade de cada um, perante a sociedade em que vive.
    Tudo na vida que é plantado é colhido, se plantares sementes de frutos, aguarde para saboreá-los brevemente mas se plantar ervas daninhas prepare-se para passar fome.
     A maior das regras da vida é:

                           “ Faça pelo seu próximo o que você gostaria que ele fizesse por você”

     Quando você age corretamente e toma atitudes certas o maior beneficiado será você.
    Considere que você é um espírito livre e independente, que sobrevive à morte do corpo físico, e que receberá das leis da vida, conforme suas obras.
     Cabe a você escolher em que mundo quer viver e o que quer colher em sua plantação de vida.

      Vou dar alguns exemplos simples que acontecem no nosso dia a dia :

- Se você achar uma carteira, celular, ou qualquer objeto que não lhe pertença; procure o verdadeiro dono.

- Devolva aquele troco que lhe foi dado a mais por um funcionário desatento.

- Pediu algo emprestado, devolva.

- Falou algo que ofendeu alguém, assuma e aprenda a pedir desculpas.

- Qualquer tipo de acordo que tenha feito com alguém honre exatamente como foi combinado mesmo que não tenha assinado nada, porque você deu sua “palavra”.

- Provocou um acidente de carro por sua culpa, assuma.

- Se tiver veiculo, nunca pare em guia rebaixada, procure uma vaga autorizada, andar faz bem a saúde, não transfira seu problema para o outro.

- Pague corretamente suas dividas e só compre se tiver certeza que irá honrar seu compromisso.

   Muitas pessoas sabem que não poderão pagar mas mesmo assim compram e depois querem devolver ou recorrer a certas leis que infelizmente apóiam os maus pagadores.

- Não fure qualquer tipo de fila, e se não tiver verdadeira necessidade não queira ter privilégios ou vantagens do tipo:
Amigo do Gerente ou Conta com privilégios: Aquele que passa a sua frente só porque é amigo do gerente ou tem uma conta corrente melhor que a sua.
Falsa grávida; Aquela que “diz” que esta grávida, só para passar na frente de todos, lembrando ainda que gravidez não é doença, foi uma opção.
Criança no cólo; Aquela que pega uma criança enorme que anda mais que um “maratonista” e coloca no cólo só para passar na frente de todos.
Idoso; aqueles “idosos” que gozam de ótima saúde ou estão aposentados e tem o dia inteiro para não fazer nada , no entanto adoram ir no banco só para passar na frente dos outros que tem milhões de compromisso durante o dia. Você sabia que alguns idosos estão sendo contratados por determinadas firmas para trabalhar como “boys”, só para usufruir de seu privilégio?

      Esta é uma lista muito extensa mas tenho uma regra simples para você saber se você esta ou não com a razão em qualquer tipo de situação e se esta tomando a decisão mais correta.

      É fácil, pergunte para si mesmo :   O que  JESUS  faria nesta situação???

    “Você fazendo sua parte será um espelho para os outros.”

      Leia este Conto:

A FLOR DA HONESTIDADE

     Conta-se que por volta do ano 250 A.C., na China antiga, um príncipe da região norte do país estava às vésperas de ser coroado imperador mas, de acordo com a lei, ele deveria se casar.
      Sabendo disso, ele resolveu fazer uma "disputa" entre as moças da corte ou quem quer que se achasse digna de sua proposta.
      No dia seguinte, o príncipe anunciou que receberia, numa celebração especial, todas as pretendentes e lançaria um desafio.
      Uma velha senhora, serva do palácio há muitos anos, ouvindo os comentários sobre os preparativos, sentiu uma leve tristeza, pois sabia que sua jovem filha nutria um sentimento de profundo amor pelo príncipe.
      Ao chegar em casa e relatar o fato a jovem, espantou-se ao saber que ela pretendia ir a celebração, e indagou incrédula:

      - Minha filha, o que você fará lá ? Estarão presentes todas as mais belas e ricas moças da corte.
         Tire esta idéia insensata da cabeça, eu sei que você deve estar sofrendo, mas não torne o sofrimento uma loucura.
                 E a filha respondeu:
       - Não, querida mãe,   não estou sofrendo e muito menos louca, eu sei que jamais poderei ser a escolhida,  mas é
minha  oportunidade de ficar pelo menos alguns momentos perto do príncipe, isto já me torna feliz.

     À noite, a jovem chegou ao palácio. Lá estavam, de fato,todas as mais belas moças, com as mais belas roupas, com as mais belas jóias e com as mais determinadas intenções.
      Então, finalmente, o príncipe anunciou o desafio:

      - Darei a cada uma de vocês, uma semente.
        Aquela que, dentro de seis meses, me trouxer a mais bela flor, será escolhida minha esposa e futura imperatriz
        da China.

      A proposta do príncipe não fugiu às profundas tradições daquele povo, que valorizava muito a especialidade de "cultivar" algo. O tempo passou e a doce jovem, como não tinha muita habilidade nas artes da jardinagem, cuidava com muita paciência e ternura a sua semente, pois sabia que se a beleza da flor surgisse na mesma extensão de seu amor, ela não precisava se preocupar com o resultado.
      Passaram-se três meses e nada surgiu.
      A jovem tudo tentara, usara de todos os métodos que conhecia, mas nada havia nascido.
      Dia após dia. Por fim, os seis meses haviam passado e nada havia brotado.
      Consciente do seu esforço e dedicação a moça comunicou a sua mãe que, independente das circunstâncias retornaria ao palácio, na data e hora combinadas, pois não pretendia nada além de mais alguns momentos na companhia do príncipe.
      Na hora marcada estava lá, com seu vaso vazio, bem como todas as outras pretendentes, cada uma com uma flor mais bela do que a outra, das mais variadas formas e cores. Ela estava admirada, nunca havia presenciado tão bela cena. 
      Finalmente chega o momento esperado e o príncipe observa cada uma das pretendentes com muito cuidado e atenção. Após passar por todas, uma a uma, ele anuncia o resultado e indica a bela jovem como sua futura esposa.
      As pessoas presentes tiveram as mais inesperadas reações.
      Ninguém compreendeu porque ele havia escolhido justamente aquela que nada havia cultivado.
      Então, calmamente o príncipe esclareceu:

           - Esta foi a única que cultivou a flor que a tornou digna de se tornar uma imperatriz:.
             A flor da honestidade.
             Pois todas as sementes que entreguei eram estéreis.

             Se para vencer, estiver em jogo a sua honestidade, perca.

                    Você será sempre um vencedor.

Lembre-se:   “A esperança é o sonho daqueles que estão acordados
                                                                   Pense Positivo Sempre

 

   Muita Paz e Luz.
Valter Carmona