Parabéns a todas as Mulheres

 

História do 8 de março

   No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

   A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

   Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Objetivo da Data

   Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual.
  O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história.

Conquistas das Mulheres Brasileiras

   Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira.       Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

   No passado remoto ou ainda mais recente predominava o machismo, a supremacia imposta pela força.física. Comportamento este que aniquilava a personalidade da mulher.
   O homem exerceu sobre ela férreo domínio, restringindo a atividade da mulher ao interior do lar, impedindo-lhe o acesso à cultura e ao poder. A despeito de tudo, foi ela desde os primórdios da história a modeladora da alma das gerações. Ainda hoje é a mulher que inspira e faz heróis, poetas, artistas e homens comuns a lutar pelos seus sonhos e objetivos.

     "Homem e mulher são iguais perante Deus e têm os mesmos direitos porque a ambos foi outorgada a inteligência do bem e do mal e a faculdade de progredir."
      Não existem sexos opostos , mas complementares.

"A esperança é o sonho daqueles que estão acordados"

Crônica

    Peça para um homem descrever um mulherão.
   Ele, imediatamente, vai falar das características de uma beleza feminina descrevendo suas qualidades físicas.

   Agora, pergunte para uma mulher o que ela considera um mulherão...
   Você vai descobrir que tem milhares em cada canto.

  Mulherão é aquela que pega dois ônibus por dia para ir ao trabalho e mais dois para voltar e quando chega em casa encontra um tanque lotado de roupa e uma família morta de fome.

  Mulherão é aquela que vai de madrugada para a fila garantir matrícula na escola e aquela aposentada que passa horas em pé na fila do banco para receber uma pensão ridícula.

  Mulherão é a empresária que administra dezenas de funcionários de segunda a sexta e uma família todos os dias da semana.

  Mulherão é aquela que se depila, que passa cremes, que se maquia, que faz dieta, que malha, que usa salto alto, meia-calça, ajeita o cabelo e se perfuma, mesmo sem nenhum convite para ser capa de revista.

  Mulherão é aquela mãe de adolescente que não dorme enquanto ele não chega e que, de manhã bem cedo, já está preparando o café para a família.

  Mulherão é quem leva os filhos à escola, busca os filhos na escola, leva os filhos para a natação, balé, leva os filhos para a cama, conta histórias, dá um beijo a apaga a luz.

  Mulherão é quem arruma os armários, coloca flores nos vasos, fecha a cortina para o sol não desbotar o sofá, mantém a geladeira cheia e os cinzeiros vazios.

  Mulherão é quem sabe onde cada coisa está, o que cada filho sente e qual o melhor remédio.

  Mulherão é quem leciona em troca de um salário mínimo, é quem faz serviços voluntários, é quem colhe a uva, é quem opera pacientes, é quem lava roupas para fora, é quem arruma a mesa, é quem cozinha o feijão e à tarde trabalha atrás de um balcão.

  Mulherão é quem cria os filhos sozinha, é quem dá expediente de 8 horas e enfrenta menopausa, TPM e menstruação.

  Mulherão é ..... etc, etc, etc

“ Nascemos por amor, vivemos para amar e somente o amor eterniza nossas vidas "

Deus abençoe todas as mulheres do Mundo!

 

“Nunca desista, se você não desistir nunca será derrotado”
                                                                   Pense Positivo Sempre.

   Muita Paz e Luz.
Valter Carmona