Seja Feliz todos os dias

   

     Quantas famílias têm a sensação que, a cada ano que passa, parece que o ano anterior era melhor do que o ano atual? De fato, analisando a transformação e os problemas pelos quais todos passam, vemos que a cada dia está mais difícil de viver e de conviver, num mundo cheio de problemas que parecem intermináveis.

      Muitos se perguntam:
         Cadê aquela beleza da vida simples?
         Cadê nossos amigos daquela infância feliz que passa em retrospectiva em nossa memória?
         Onde está a confraternização sincera que muitas famílias e povos tinham no passado?
         Para onde foi o respeito que todos tinham uns com os outros?
         Onde foi parar o companheirismo que sempre se fazia presente no dia-a-dia?
         Que saudades daquela vizinhança feliz e fraterna que tínhamos há tempos atrás...
         Que saudades daquelas noites de longas conversas na porta de casa, em plena confraternização...

     Posso ficar aqui, procurando exemplos de lembranças passadas e longas horas se passarão, porém já basta. Não encontraremos as respostas que gostaríamos de ter. O progresso veio com seu avanço trazer grandes benefícios para a humanidade, porém ele passa por cima de todo esse arsenal de lembranças felizes que tínhamos em nossas mãos e não demos valor na época.
      Agora, passado o tempo e com o progresso vindo em grande escala, temos de procurar a felicidade de maneiras diferentes e tentar analisar essa nova etapa.
      Quando nos deparamos com as dificuldades, entramos em sintonia com o nosso passado que nos traz os comparativos dos benefícios que tínhamos na ocasião.
       É nesse momento que vemos o quanto éramos felizes e não sabíamos, ou não aproveitávamos.
      No entanto, temos de aprender a dar valor ao agora; a tirar somente o lado bom do passado; a guardar em nossa memória o que de feliz ficou; a aproveitar o presente; a aprender com as decepções, não caindo mais em erros, para no futuro colhermos novamente a felicidade que buscamos.
      Quando comparamos o passado de nossas vidas é para mostrar que a felicidade está, sim, presente em momentos diversos, mas muitas vezes não sabemos enxergá-la e dar valor e quando aparece uma infelicidade, nossa memória resgata o tal acontecimento feliz de épocas distantes.
      É bem verdade que os tempos são outros e de grandes dificuldades, porém temos de aprender a lidar com todas as situações que possamos viver.
      O progresso apaga a simplicidade da vida, mas traz muitos benefícios, fazendo um contrapeso na própria evolução do planeta.
      Lembremos, ainda, para todos que acreditam na Espiritualidade de um modo geral que este não é um planeta de pura felicidade e sim de "provas" e "expiações", então as dificuldades estão ai para podermos aprender com elas.
      Se cada um compreender isso e fazer o seu devido papel na sua própria encarnação, um dia, sim, poderá chegar a viver num mundo pleno de amor e felicidade.
     Sabemos que a cada jornada completada com sucesso, em uma encarnação, estaremos ganhando um “degrauzinho” na evolução do próprio espírito, e um dia, numa época qualquer em nossa jornada infinita, conseguiremos estar num mundo de pura felicidade.
     A felicidade começa a cada dia que despertamos, o que temos de fazer é agradecer a Deus pela nova oportunidade e pedir força, paciência e perseverança para passarmos por todas as provas ou expiações que forem colocadas
a nossa frente.
     Tende a certeza de que somos felizes porque somos criação de Deus.
     Basta sabermos tirar a felicidade de tudo, agradecermos pelas vidas que tivemos e sorrirmos pelas vidas que virão, trazendo novas oportunidades de evolução e desfrutarmos da vida com ; otimismo e felicidade.

 

Provas ..........=  Uma das formas do Espírito experimentar-se, objetivando seu progresso. São as mudanças ou instabilidades dos acontecimentos da vida corporal, pelas quais os Espíritos se purificam segundo a maneira de suportá-las.

Expiações .... =  Segundo a Doutrina Espírita, é a purgação purificadora do mal que infeccionou o Espírito. Até que os últimos vestígios da falta desapareçam, a expiação consiste nos sofrimentos físicos e morais que lhe são conseqüentes, seja na vida atual, seja na vida espiritual após a morte, ou ainda em nova existência corporal. Ela serve sempre de prova, mas nem sempre a prova é uma expiação.

ANACLETO  RIBEIRO

        

   “Nunca desista, se você não desistir nunca será derrotado”

Pense Positivo Sempre.

    Muita Paz e Luz.
Valter Carmona