ENFERMIDADES

      Toda enfermidade traz ao doente, algo de novo, para o seu caminhar.
      Muda a pessoa para um novo modo de viver.
      Quando a doença chega de mansinho ela traz junto dela muitas situações e condições diferentes tanto para o doente como para os seus entes queridos ligados a ele.
      Traz a revolta, a tristeza, o medo e o questionamento inclusive da própria fé.
      Passado a fase inicial da revolta, chega o entorpecimento e uma busca enorme para as possíveis soluções de sua enfermidade, se apega a tudo e busca incessantemente por informações e respostas sobre o mal que o aflige.
      Outras tantas etapas se seguem a estas, mas o que quero esclarecer é que tudo isso que muitos passam é o cenário de um modo geral que muitos seres passam ou passarão com a chegada de uma enfermidade mais agressiva.
      Porque tudo isso aconteceu comigo?
      Essa é uma pergunta que todos fazem, e trago aqui alguns esclarecimentos.

1-Quando a Reforma Íntima é extremamente necessária, ela chega normalmente pela dor, pela perda ou pela doença trazendo assim muita reflexão do modo em que esta se levando a vida.

2- Quando chega a enfermidade é onde o ser para obrigatoriamente para se cuidar, ou para cuidar de alguém e aí trás pra junto à reflexão do modo de vida. Reflexão do passado, do que fez ou do que não fez, revivendo o modo presente como se este não existisse, porque está sempre sintonizado no futuro que pode nunca lhe chegar.

3- A doença irá lhe trazer o olhar diferente para o mundo. Irá começar a olhar o mundo com outros olhos, terá um olhar de afeto, de perdão, piedade, bondade, amor e de tantas outras paisagens que estão esquecidas em seu arquivo mental.

4- A enfermidade faz que o ser olhe o seu futuro com mais atenção, procedendo agora a viver de uma maneira mais saudável e com mais qualidade de vida.

5- Tudo após uma enfermidade muda, além daquele que carrega a própria doença, também afeta os entes queridos que o cerca, trazendo a eles também muitas observações e reflexões. Muitos ao ver o sofrimento do ente querido, muda o modo de ser e de viver, radicalmente para melhor.

6- Quantos encontros e reencontros, quantos começam a viver melhor depois de uma grande enfermidade.

      Então meus caros irmãos e amigos, procurem refletir mais o seus modo de viver a vida enquanto estas na saúde, para não ter que refletir e mudar na enfermidade.
      Mude hoje seu modo de viver, porque estamos aqui de passagem para novos aprendizados, resgates e provações.
      Não viemos nesta vida para chorar ou sofrer, viemos para crescer, aprender, reparar erros e trabalhar o nosso Espirito para ser feliz.
      Então, ore e vigie a todo o momento, reflita seu modo de viver e não deixe para amanhã a sua reforma intima.
      Quero ver você sorrindo novamente.
      Seja Feliz.
      Fique na paz de Deus e com o amor do cristo.

 

 

 

 

Dr. HANS RUTHENDORF