O LIVRO





      A noite se apresentava com o brilho da lua inundando os campos de uma fazenda distante, longe da cidade, onde ali naquelas terras se cultivava o plantio de laranjas. Vivia naquele local uma família com 06 filhos e o casal, alem de algumas outras famílias de serviçais que moravam em casebres menores bem próximo da casa sede da fazenda.
      Viviam todos ali longe de tudo, bem longe da civilização, mas viviam felizes, unidos no amor, na fé e no trabalho salutar.
      A minha narrativa se dá justamente sobre aquela noite inesquecível, onde o vento forte uivava entre as arvores e os raios ao longe anunciava a chegada de chuva pesada. No meio de todo esse cenário escutava-se ao longe o latido forte dos cachorros que anunciavam a chegada nas proximidades de algum viajante.
      Dentro da casa todos estavam reunidos em volta de uma grande mesa fazendo as reflexões noturnas, contando historias que por vezes eram repetitivas , mas o fato é que lá no fundo eles estavam meio que tristes pelo dia a dia rotineiro, sem novidades e sem informações da cidade grande, estavam sem assunto e a monotonia os deixavam meios que sem sonhos, sem vontade de traçar novas metas para a vida.
      De repente escuta-se o bater na porta da frente anunciando a chegado do viajante, abriu-se a porta e lá estava um senhor bem vestido, com um semblante sereno um sorriso no rosto, nos ombros uma grande mochila e nas mãos um feixe enorme de livros embrulhados como um grande feixe de lenha.
      Esse senhor foi convidado a entrar e após as devidas apresentações sentou-se a mesa junto de todos e durante todo nosso jantar conversamos muito. A conversa era salutar, gostosa e na prosa falamos de tudo um pouco. A noite foi passando sem ninguém perceber pois o senhor alem da sua boa conversa irradiava uma paz incrível.
      Ele presenteou o dono da casa com um livro maravilhoso, ele ensinou-lhe a ler todas as noites alguns trechos daquele livro que segundo ele traria a felicidade novamente naquele lar e as pessoas que ali habitavam. Ele abriu ao acaso o livro para demonstrar quanta sabedoria ali continha naquelas paginas que falava simplesmente do amor ao próximo, da fé inabalável, perdão, união, família etc.
      Aquelas palavras chegaram aos ouvidos daquela família como um elixir, um verdadeiro remédio para a alma, tirando-os da inércia,da ignorância, da rotina. A alegria se estampava no rosto de todos.
      Ali todos ficaram conversando sobre diversos assuntos ate o amanhecer do dia, o café foi servido e sem perceber nem o sono fez falta naquela noite maravilhosa que tiveram.
      Aquele senhor agradeceu a hospedagem e despediu-se de todos para seguir viagem deixando para aquela família o livro mágico que com certeza ressuscitaria as vidas daqueles que moravam ali distantes de tudo e sem esperança.

      Amigos, quis através dessa pequenina historia demonstrar a todos o que o conteúdo de um livro pode fazer na vida de cada um. Onde ira lhes trazer além do conhecimento, o entendimento e com isso ira lhe aproximar mais do nosso Criador e do nosso irmão Jesus, trazendo assim a renovação em sua vida e lhe proporcionará novamente a Paz, e alegria de viver.

     O Livro presenteado pelo viajante era um exemplar do Evangelho de Jesus.

      Muita Paz a todos.

 









BENEVIDES