REENCARNAÇÃO

(Birth, EUA - 2004)

    Atores: Nicole Kidman, Cameron Bright, Danny Huston, Lauren Bacall, Anne Heche, Arliss Howard, Peter Stormare.

     Direção: Jonathan Glazer

 

 

 

    

   

   Após 10 ano do falecimento de seu marido, Ana (Nikole Kidman) aceita casar outra vez.

    Na noite do anúncio do seu casamento com Joseph (Danny Huston), aparece um garoto de 10 anos de nome Sean, que é o mesmo nome de seu falecido marido, e diz ser a reencarnação do mesmo. O que a princípio parece ser uma brincadeira vai tomando contornos mais sérios e Anna começa a acreditar no garoto e a se envolver cada vez mais com ele criando um drama para sua família e para o seu relacionamento com Joseph..

    Apesar de idéia do filme ser muito interessante, a construção e o desenvolvimento do roteiro são fracos, sequências cortadas tornam o filme confuso em alguns momentos, além disso existe uma ausência de elementos que dêem ao filme maior veracidade.

    O elenco é muito competente, com destaque para o jovem ator Cameron Bright, que faz o papel do garoto Sean e consegue tirar do personagem elementos verdadeiros de emoção e certeza. A veterana Lauren Bacall também mostra muita firmeza na condução de sua personagem..

    No lado da análise espírita o filme também se mostra fraco. A reencanação de Sean quase simultanêamente a sua morte, se não é impossível é, como nos diz o Livro dos Espíritos, de pouquíssima probabilidade, ainda mais considerando que o filme não mostra nenhum sentido prático para isto. Outro fato que chama atenção são as lembranças de Sean, que se não chegam a ser totais são muito maiores do que o lógico supor..

    Por fim, a conclusão do enredo pode levar a uma grande decepção, ainda mais que além de não esclarece nada, deixa dúvidas, criando um clima de frustração.

   Tirando a beleza de Nicole Kidman, o filme carece de elementos que o tornem interessante e certamente nem diverte, nem desperta interesse. Portanto, quem desejar assistir que o faça sem nenhuma grande expectativa. O filme é realmente fraco.