APRENDA  COM  O  MAL

Quando um ser é colocado diante de um problema, começa-se uma grande batalha de emoção e de sentimentos; de dúvidas e de incertezas; de conflitos diversos dentro da própria alma. Surge, então, a incerteza: é possível ou não suportar tais provas ora propostas pelo plano espiritual para sua própria jornada evolutiva? Chega também a problemática da revolta, revolta essa que leva o ser humano a pensar no porquê de estar passando por aquela provação que por sua vez é dura, mexe com sua saúde, com sua paz interior e exterior, mexe com tudo ao seu redor.
Meus irmãos... tudo isso é a própria razão de ser e de estar vivendo uma nova encarnação, pois tudo que cada um tem de passar, na amplitude do bem ou do mal, é uma grande prova ou uma expiação do que vós podeis fazer ou suportar diante dos problemas que venham a surgir.
Então, nunca lastimeis, não reluteis contra o mal, pois há muito tempo atrás Nosso Mestre Jesus já dizia em suas parábolas que o homem jamais deveria negar o mal: o mal é necessário para saberdes tirar o bem de uma causa desagradável. Vede o mal de maneira diferente e aprendei com ele através de atos, sugestões, ações, reflexões, experiências para atingir o bem que com certeza estará no final. Mais à frente ireis compreender e entender porque passastes por tal prova.
Quantos e quantos lutam, lutam e perdem tudo; quantos caem em prantos e perdem a vontade de viver quando perdem algo ou alguém querido; quantos desanimam de viver quando objetivos materiais não são concretizados; quantos olham a vida do outro lamentando por não ter a mesma sorte.
Nunca penseis ou procedeis dessa maneira errada e mesquinha: lutai, orai, estudai, buscai em vosso interior a força extraordinária que tendes para sair do problema e enfrentá-lo com fé, amor, esperança e muita paciência.
Toda a vida na terra tem um significado e um porquê, sabei descobrir qual foi o vosso. Sabei aceitar a vossa vida como vos foi dada e lutai para melhorar-vos cada vez mais.
Para o espírito existem derrotas aparentes que se transformam em vitórias definitivas e vitórias passageiras que trazem a derrota moral.
Agradecei hoje e sempre a Jesus pela oportunidade que vos foi dada.
Ficai em paz, pensai positivo e vivei sempre a esperança e a fé confiando em Deus.

MARCOS  RAMOS  SOUZA