SENTINELAS  DA  PAZ

Em várias localidades do planeta Terra muitas guerras e discórdias estão em andamento, causando grandes desgraças. Que pena ...
Tanta sabedoria dos homens em algumas funções jogada fora num grande mar de desgraças e guerras desnecessárias, guerras frias, sem cabimento e sem objetivos.
Toda e qualquer guerra só traz desgraças em grande escala e é sabido que muitas delas atravessam os séculos; guerras que por vezes se encobrem com um véu que mostra uma outra verdade à população, mostra ilusoriamente coisas ou fatos que esses dirigentes de cidades ou nações tentam colocar na mente de muitos; são obsessores encarnados que querem aproveitar a tal liderança conseguida por atos imorais e faltas graves perante a lei divina.
Guerra: ato medíocre do homem.
Guerra, que não traz nada de salutar para o semelhante.
Guerra, que por muito tempo depois de acabada deixa a marca da derrota na alma daquele que perdeu; a marca da adversidade e da mágoa do outro; a marca, também, nos entes queridos que sobreviveram àquela agonia, e aí é que por séculos ocorre a perseguição dos desencarnados e muitos outros obsessores do plano espiritual. Fica ainda a revolta e o sofrimento dos que sobreviveram às perdas de pessoas e amigos queridos: a perda de um amor, as perdas materiais... e restam as marcas do inconformismo esculpidas na alma daqueles que nada puderam fazer para mudar o rumo da história.
Irmãos, vós não imagineis quantos e quantos espíritos sofrem dores e horrores horríveis por séculos até que sejam expurgados e resgatados da escuridão e da dor.
Então, tende dentro de vós a paz celestial do Cristo.
A paz da alma sem rancor.
A paz da alma sem ódio.
A paz da alma em puro amor ao próximo.
Usai as vossas mentes para a melhoria de toda a humanidade e fazei o melhor para vós e para o vosso próximo.
Quando fizerdes o Evangelho no lar, elevai o pensamento pedindo para que ilumine a mente de todos os dirigentes das nações para que possam pensar melhor no ser humano, com dignidade e não com interesse.
Louvai ao Cristo todo dia, por vossas vidas benditas, e fazei de vossos corpos um escudo contra maus pensamentos e vibrações ruins; afastai hoje e sempre as revoltas de todas as maneiras e espécies para poderdes, sim, construir as vossas vidas da melhor maneira possível; uni-vos todos numa grande família, porque é isso o que verdadeiramente sois e sereis, hoje e sempre.
Paz na terra e que o amor de Deus esteja convosco.
Ficai com Jesus.

Capitão  RUBESTEIN  V.  GALBER