A  GRANDE  MUDANÇA

A mudança do modo de viver e de conviver é um grande reinício para uma nova vida. Não tenhas medo: se tu te colocares decidido nessa mudança, verás o grande impulso que darás em tua vida. Essa mudança quer dizer a tua transformação, que começa de dentro para fora, e é de grande valor para tua alma.
Percebe uma coisa muito importante: se te dispores a olhar para dentro de ti e dizer “A partir de hoje mudo meu modo de ser e de viver”, a partir desse momento conseguirás renascer para a vida.
Mudando teu modo de viver e conviver, tu começas a mudar teu padrão vibratório e a emanar vibrações positivas que irão se plasmando em tua volta: perceberás que tudo começa a mudar e que irás travar uma grande batalha contigo mesmo. Não importa quanto tempo tenhas vivido erradamente. É certo, também, que quando te colocares a mudar internamente isso, com plena razão, irás te colocar defronte de grandes conflitos, mas, meu caro irmão, os frutos que irás colher com essa mudança serão frutos para todo o sempre.

Há uma história de tempos remotos que conta que um grande fazendeiro vivia a comandar suas terras e diversas famílias de colonos que ali trabalharam durante muito tempo.
Muitos anos se passaram, e os colonos que ali constituíram famílias se endividaram de tal forma com o fazendeiro que, mesmo trabalhando dia e noite, não conseguiam quitar suas dívidas. Muitos desencarnaram naquelas terras, e até mesmo depois do desencarne continuavam como presos em espírito no trabalho árduo e sem fim de seus familiares.

As vibrações negativas do local iam se acumulando; a felicidade e o amor não eram mais sentidos há muito tempo.
As coisa não iam bem naquela fazenda, já há
algumas décadas: o gado, assim como todas as plantações, estava comprometido e morrendo; dívidas se acumulavam e as doenças acometeram todos e, principalmente, o “ Sr. Fazendeiro “.
Uma noite – após ele ter ficado horas pensativo em sua cadeira de balanço, na varanda de seu quarto – , ao cair em sono profundo, recebeu uma mensagem do plano espiritual: era para ele modificar o seu modo de ser e de viver, com isso estaria modificando também a vida de outros que estavam a sua volta. Em sonho, ele era alertado: caso não mudasse o seu modo de vida, não mudasse o tratamento para com o semelhante, não praticasse a caridade, não transmitisse o amor e o respeito ao próximo, ele iria desencarnar bruscamente e carregaria consigo muitas aberrações para o plano espiritual.
Na manhã seguinte, ao acordar, ele se lembrou de todo o sonho e começou a refletir sobre tudo o que havia feito no decorrer dos anos, e chegou realmente à conclusão de que deveria mudar seu modo de vida, pois não teria outra chance, devido à idade avançada.
No outro dia, fez uma reunião com todas as famílias e lhes disse que aboliria todas as dívidas até ali contraídas por eles. Novos rumos foram traçados para o progresso da fazenda: mudou tanto, que todos os seus familiares e empregados estranharam suas atitudes e a alegria que ele transmitia, mas vibraram em amor e felicidade, pois há muito tempo não se sentiam daquela forma.
Daquele ano em diante, a plantação começou a florescer novamente; o gado crescia forte e saudável; tudo na sua vida e na vida dos colonos mudou radicalmente para melhor e esse senhor viveu feliz por longos anos, só que agora, com o Cristo dentro de seu novo coração.

FELISBERTO  GUIMARÃES

Plasmando...... =  moldando, fixando.
Aboliria .......... =  acabaria, extinguiria, eliminaria.